domingo, 9 de novembro de 2008

Rumo á vida!


Servem estas próximas palavras para transmitir o meu estado de espirito e o resultado da minha reflexão pessoal.


Nem sempre os meus olhos veêm a realidade como ela é. Com o passar do tempo os meus olhos que eram emanados pela inocência e novidade foram ludibriados pelos errados valores, monotonia e pela estupidez própria e egoista do ser humano. Os olhos veêm mas não o real. Veêm sim tudo o que é superfulo deixando nos cantos o essencial.

Como não é facil ensinar os nossos olhos, o nosso cérebro e o nosso coração a rumar no caminho certo é essencial acreditarmos na mudança, de forma consciente, gradual, concreta e acima de tudo pessoal.

Não é meu objectivo que se entenda que vou mudar de forma radical. Não, nem pensar. Mas vou tentar de uma maneira real e determinada conhecer-me a mim.


Tudo isto parecem palavras vãs mas, não o são. São parte de uma auto-determinação para viajar na estrada do auto-conhecimento de forma a atingir o amor que por si só representa a vida.

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Ir Indo...............

Vai.
Segue o caminho e não olhes para trás.
Não recalques o passado e crê num futuro.
Olha em redor mas não pares.
O tempo não pára e quanto mais esperares mais vais perder.
Caminha. Com mais força ainda.
Não te deixes vencer pelo cansaço, a monotonia ou a vulgaridade.
Corre... Mas com cuidado!
Assenta os teus pés na terra e sonha bem alto.
Não tires os olhos do trilho.
Vês a luz no fundo.
Sim, essa luz que teima em brilhar mesmo lá no fundo.
È o teu destino que é traçado a cada segundo.
Que depende apenas da tua vontade.
Apenas de ti. O destino é apenas destino de nome.
O sentido de ires é unicamente teu.
Vai. Sempre indo.............

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Eterno Pagador !



Num passado não muito longínquo, lí uma notícia num jornal que dava conta de umas inconformidades (escândalos) que aconteceram no Instituto das Águas de Portugal no decorrer das obras de melhoramento das redes de tratamento de alguns municípios. Afirmava-se que teriam existido derrapagens orçamentais e as empresas que geriam essas obras tinham obtido resultados negativos, mas mesmo assim tinham sido atribuídos prémios a alguns colaboradores bem como tinham sido investidos uns milhares em viaturas para as deslocações dos quadros das empresas.

Após ter lido esta notícia, coloquei uma etiqueta num dos meus separadores cerebrais para me alertar. Sim, alertar para o facto de mais tarde vir a pagar por estes abusos e derramamento de capitais públicos.

Mais uma vez tinha razão! Hoje saiu mais uma notícia que acaba por esclarecer todas as minhas dúvidas. " Ainda não se sabe quando nem quanto mas a factura da água deverá aumentar para financiar investimentos de expansão e modernização das infra-estruturas de água e resíduos em Portugal e os custos de exploração das empresas prestadoras dos serviços (JN 25/08/2008)".

Ora bom! Meus amigos como é facil de entender os Ex.mºs directores, ou responsáveis que atribuiram os referidos prémios, que gastaram mais do que deviam e ainda por cima tiveram direito a viaturas novas, vão obrigar os contribuintes(NÓS) a pagar por estas barbaridades.

Estas coisas revoltam-me e enojam-me de tal forma que me apetece fazer o mesmo a esses responsáveis de tal forma que haviam de chorar e implorar para que estas situações parassem até que ficassem na miséria. Será que não era motivo para julgar umas quantas cabeças! Não seria má ideia, não?

Visitem: http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=984126

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=964684


sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Tempo de Mudanças!

Como em tudo na vida, por vezes é necessário alterar, nem um pouco que seja, a imagem do que somos, o que fazemos e até o queremos transmitir.
Desta forma tomei a liberdade de remodelar um pouco a imagem do meu cantinho!
Nesta fase encontra-se sujeito a comentários, opiniões boas ou más e aguarda as reacções de todos os que visitam este espaço.

terça-feira, 19 de agosto de 2008

Experiência!


Pela primeira vez na minha vida testemunhei, em corpo presente estes magnificos animais que estão na imagem.
Digo-vos apenas que é uma experiência totalmente inesquecivel e enriquecedora. Estes animais transmitem um sentimento tal que actuam como um veiculo de ignição nas nossas mentes.
Parece descabido, mas não é! Por momentos senti que existem outros seres no planeta capazes de comunicar com os seres humanos ao ponto de exprimirem sentimentos, sensações ou vontades de forma objectiva.
Digo-vos apenas que são seres maravilhosos com uma capacidade comunicativa totalmente diferente e que transmitem uma tranquilidade e bem estar como nunca tinha presenciado.
Entre algumas das aventuras deste verão partilho com voçes esta experiência, que apesar de rápida foi marcante.

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Cadência

Durante doze meses, a vida de cada um, apresenta um ritmo próprio que caracteriza a sua própria vida.
No espaço de tempo que reservamos para as nossas férias, largamos esse ritmo (por vezes desenfreado) e iniciamos um percurso que se assemelha a uma descompressão física e psicológica até que reparamos que os nossos próprios batimentos cardiacos diminuem, os nossos gestos ficam mais relaxados e definídos. Quando atingimos esse ponto, observamos a forma como levamos o nosso dia-a-dia de trabalho, azafama, correria, stress, chamem-lhe o que quiserem mas estado normal é que não é!
Este verão, apercebi-me a forma mecanizada, automatizada, acelerada e até demoníaca que revelo quando me encontro e trabalhar. Senti até que, aquele personagem que fazia parte dos meus dias, que almoçava em 30min. se deslocava 250km por dia e corria contra o tempo estava fora de mim! Senti-me uma pessoa totalmente diferente, muito mais calmo, mais ponderado, mais calado, mais observador e acima de tudo com a capacidade de refletir sobre os mais pequenos pormenores. Penso ter descoberto um ponto de equilibrio que se apresenta como o eu "real", sem capas ou revestimentos provocados pelo trabalho e pela sociedade.
Em suma, sinto-me bem! Sim, sinto-me reencontrado e com as ideias bastante clareadas.
Encontrei a minha cadência original e isso levou-me a refletir no meu próprio caminho, na minha vida.

Assim, o meu concelho é: quando tiverem um tempo de pausa que permita a expulsão de todos os vicios manias e tiques diários tentem encontrar a vossa própria cadência.

sexta-feira, 4 de julho de 2008

Manta de Retalhos


Há já muito tempo que não pensava neste termo. A adolescência era a época e este nome era parte da minha semana, pois existia um programa de rádio (nos tempos da "loucura" das rádios locais) que tinha este título. Eu era, nada mais, nada menos do que o "técnico de som" desse programa (punha as músicas e abria e fechava os micros).
Nessa altura não entendia bem a razão de ser de tal expressão. Pensava que seria mais uma "aldeiisse" (coisa das aldeias) que pairava no conhecimento de todos mas como eu era jovem não fazia parte do meu.
Hoje e após cerca de 15 anos, verifico que esta expressão têm mais carácter e mais intensidade do que poderia esperar.
Acho que cada uma das vidas de cada um dos seres humanos pode ser descrita como um agrupar de pequenos retalhos que se vão cozendo e dando cor e alma ao que chamamos de vida. Umas são mais alegres, outras mais cinzentas, umas mais trabalhadas e perfeitas, outras com remendos, buracos e falhas, mas todas têm um ponto comum. SÃO UNICAS. Muito dificilmente ou até será quase impossivel dizer que uma manta é igual á outra.
Por isso relembro aqui esta expressão que cresceu tanto em dimensão como em parte dos retalhos da minha vida.

quarta-feira, 2 de julho de 2008

GENUINO !


Não importa se é baixo ou alto, magro ou gordo, de olhos azuis ou castanhos, o que interessa é a sua genuínidade.
Valorizo bastante a forma como as pessoas apresentam algo de genuíno, mas com características boas claro, porque de maldade já chega! Penso que o verdadeiro valor das pessoas é dado pela originalidade, engenho e até inovação que trazem para o dia a dia, pois o quotidiano já é monótono suficiente.
Desta forma desafio cada indivíduo a tentar a originalidade e genuínidade. Criem, falem, actuem, vistam ou escrevam algo de novo ou de diferente. O efeito surpresa que podemos ter com pequenas coisas é de tal maneira forte que na maior parte das vezes a inovação até é inutil mas serve ou desperta curiosidade pela forma como se apresenta, se toca ou se vê.

quinta-feira, 26 de junho de 2008

Abertura da Rádio Opinas Ou Não


Ora mais uma novidade neste "mui simples" espaço de comunicação.
Arranca hoje a rádio "Opinas Ou Não", dedicada a promover música de qualidade e adequada ao dia-a-dia de cada um (pelo menos assim penso).
Estão incluidas algumas músicas que fazem parte da minha eleição de ouro e que gostaria de partilhar com todos.
Assim, se tiverem um tempinho para escutar podem ligar esta rádio e deixar a música fazer parte do vosso dia.
Bom, isto se tiverem o computador perto de voces e o blog com a página aberta CLARO!
Um abraços a todos e espero comentários á minha selecção.

segunda-feira, 23 de junho de 2008

BOM S. JOÃO

Viva o martelo e o alho porro,
A sardinha e o pimento.
O pão, a broa e a febra,
O vinho a cerveja e o Fogo.
Bom S. João para todos!

sexta-feira, 20 de junho de 2008

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Muito com pouco!



Por vezes penso que não são necessárias muitas palavras para se dizer algo muito importante e incisívo, mas é necessário ser verdadeiramente grande para conjugar as palavras certas para abrir a porta da simplicidade e da emoção.

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Feeling Good !























Pássaros a voar bem alto. Tu sabes como me sinto!
O sol no céu. Tu sabes como me sinto!
As folhas a pairar. Tu sabes como me sinto!
É uma nova aurora. É um novo dia. É uma nova vida!
Para mim.
E estou a sentir-me bem!

Como o peixe no mar. Tu sabes como me sinto!
O rio a correr livre. Tu sabes como me sinto!
Uma flor na árvore. Tu sabes como me sinto!
É uma nova aurora. É um novo dia. É uma nova vida!
Para mim
E estou a sentir-me bem!

Uma libélula ao sol sabes o que quero dizer, não sabes?
Borboletas a divertirem-se, sabes o que quero dizer!
A dormir em paz quando o dia está feito.
E este velho mundo é um mundo novo.
É uma ousadia este mundo.
Para mim
E estou a sentir-me bem!

As estrelas quando tu brilhas. Tu sabes como me sinto!
O aroma de pinho. Tu sabes como me sinto!
A liberdade é minha. E eu sei como me sinto!
É uma nova aurora. É um novo dia. É uma nova vida!
Para mim
E estou a sentir-me bem!

(Feeling Good - Michael Bubble)

sexta-feira, 6 de junho de 2008

VIVE !

Agita os braços, grita bem alto.....
Levanta o queixo, cerra os punhos.....
Vê. Olha em volta.
Mas olha com atenção, não olhes de relance.
Cheira, sente os aromas que te rodeiam.
Não aceites a rotina.
VIVE !
VIVE, BOLAS !
Será pedir muito ?
È a única coisa que é tua nesta vida!
Ah, não te tinhas apercebido.
Ama a vida. Ama a tua vida e dos outros.
SIM A DOS OUTROS !
Será assim tão dificil?
Que objectivo tens se não sugares os segundos da tua vida?
Não irás viver para sempre, por isso levanta-te.
Ergue-te sobre ti mesmo e olha em redor.
Atenta ao pormenor. Sê humilde e sensato.
VIVE !
VIVE, CARAMBA!
Não há amanhã, há apenas o hoje, o agora.
Dá, atreve-te, ri, chora, cai, mas LEVANTA-TE!
Sê fiel a ti e á tua vida.
Sê sincero contigo. Sê ainda mais sincero com os outros.
Sê tu e não ligues ás opiniões.
Sê o versus e a face.
Experimenta, toca, sente.
SIM, SENTE !
A vida é tua, será sempre tua.
VIVE ! VIVE PORRA!

quarta-feira, 4 de junho de 2008

DESAFIO Tá-se!

ACTIVIDADE PROFISSIONAL: Não queiram saber!

OUTRAS ATIVIDADES: Música, música, música e ……………..música!

ESTRANHISSE: Alterações genéticas;

MOTIVAÇÕES: A vida!

QUALIDADES PARADOXAIS: Hmmmmmmm………. Qual delas!

PONTOS VULNERÁVEIS: Orelhas, Pernas!

ÓDIOS INCONFESSOS: Gasolineiras e assumido ódio pelos Partidos e lobbies;

PANACÉIAS CASEIRAS: Chá de casca de cebola, limão e mel.(Funciona!)

SUPERSTIÇÕES INVENCÍVEIS: Respeito o que não consigo explicar;

TENTAÇÕES IRRESISTÍVEIS: A minha tartaruguinha e QUEIJO!

MEDOS ABSURDOS: ALTURAS e ELEVADORES!

ORGULHO SECRETO: Em todos os amigos que fazem por sê-lo!

terça-feira, 3 de junho de 2008

TOU DE VOLTA !

TOU DE VOLTA!
Para os mais cépticos, "não pensem que se vão ver livres de mim assim tão facilmente".
Pois é, de vez em quando o trabalho cobre-me todos os segundos do dia-a-dia até me afogar completamente. Mas, não de desistir e cá estou de volta, respirando o ar digital da blogosfera que me faz viver mais intensamente.
Assim, meus amigos voltei e vim para FICAR !!!!!!
ABRAÇOS DO MINO !!!!!!!!!!

terça-feira, 20 de maio de 2008

And the Winner is !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Ora então aqui está o vencedor do passatempo realizado há alguns dias atrás que solicitava a apresentação de textos com as palavras iniciadas pela mesma letra. Assim o justo vencedor deste passatempo é............................................
Vsuzano
O prémio que é atribuido é um conjunto de fotografias relativas a uma das suas paixões. Os relógios de bolso. Espero que seja do seu agrado.
Aqui estão e espero novas participações em futuros concursos.

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Frutos Vermelhos!


São vistosamente apetitosos e deixam qualquer um com a saliva a boiar na boca.
Cada um desperta um prazer único quando degustado em todo o seu esplendor. Há muitos que os apelidam de proibidos, tentadores ou até fruta demoniaca.
Quanto a mim, acho que qualquer um dos frutos vermelhos (neste caso os silvestres) reaviva o despertar do prazer de comer.
Quem nunca viu uns morangos a chamarem por si, ou ainda, as magnificas cerejas desta época que são a desgraça de alguns menos resistentes sistemas digestivos. Amoras! Lindas e parece que a cada dentada sabem melhor.
Sempre achei enigmáticos os frutos avermelhados. Tem sempre um aspecto tentador e cada vez que os vemos temos vontade de os comer até rebentar. Estão sempre relacionados com desejos e tentações sensuais. Estão intimamente relacionadas com o chocolate (porque será?) e com as especiarias doces.
Decididamente adoro frutos vermelhos silvestres, mas assumo sempre o risco de encontrar o diabinho que cada um trás e que de vez em quando gosta de fazer das suas provocando as mais diversas sensações sejam elas boas ou más!

terça-feira, 13 de maio de 2008

Desafio pela Mary





Dou à vida pela vida!

Sentidos!

Sem sentido segue o coração
Desprotegido de valor ou dimensão
Segue sem receio ou medo
Certo do sentimento sentido
Forte, bate sem ver
Mas vê sem olhar
Sente sem tocar
Escuta sem ouvir
Certo do sentido segue
Confiante dos seus sentidos
Solto ou apertado
Segue sentindo sem pressas
Mudo, expressa os sentimentos
Cego, vê o seu amor
Sem tacto, sente suave
Surdo, não escuta a razão
Sem atentar odor, cheira a paixão
Sente cada tempero da vida sem paladar
Segue sentindo, batendo sem tempo.
(Para ti)

terça-feira, 6 de maio de 2008

Desafio pela Mary.

Pois muito bem, querem saber voces 6 aspectos que me identifiquem, que sejam caracteristicas minhas não é?

Então aqui vão elas:
  1. Considero que, num primeiro contacto, todas as pessoas são boas;
  2. Dou de mim a todos sem esperar nada
  3. Não vejo a vida pelos olhos dos outros
  4. Detesto unica e esclusivamente PESCADA COZIDA com batatas cozidas
  5. Vidro-me facilmente na TV
  6. Sou um eterno sonhador

Já chega não acham! Espero ter respondido da forma mais acertada.

Onde está o Rato ?

Acho que tive o privilégio de viver o início da era da informática durante os tempos em que estudava. (onde isso já vai.........)

Comecei a trabalhar em monitores de fósforo verde (lindos), em computadores em que o disco rigido era uma disquete de 3 1/2" (1,44Mbytes) e existia apenas teclado (sim, começou assim).
Era maravilhoso editar um texto em linguagem fonte e desenhar com sinais +, -, *, etc...
Lembro-me das impressoras silenciosas com fita que a imprimir pareciam máquinas de escrever com um diabo no interior a disparar tiros e que nunca se cansava.
Assisti á ligação de computadores em rede, experimentei novos monitores monocromáticos (Preto e Branco), rato de duas teclas, jogos em disquetes, a inovação do Windows, a world wide web ( actualmente internet), etc, etc, etc....

Agora? Agora não consigo acompanhar a velocidade a que se está a evoluir senão reparem!
Compro uma revista de informática e já nem conheço os novos modelos de processadores, os tipos de monitores, as várias impressoras , CD´S, DVD´S + - R, RW, Blueray´s, HDMI e outras que nem sei o que são nem para que servem.
Se continuar assim qualquer dia tiram-me o teclado, o rato, e o monitor e dão-me um capacete com uns óculos e uma mochila com o computador abastecido a energia solar!

Se calhar já existe uma coisa destas!

domingo, 4 de maio de 2008

1 MÊS. VIVA.............


É com muito orgulho que informo todos os visitantes que este pequeno, mas muito respeitável cantinho acaba de fazer 1 mês de vida.
Agradeço a participação e o apoio de todos os que têm mantido vivo este meu pequeno espaço de devaneios e pensamentos livres mas com responsabilidade.

Aqui fica uma fatia deste bolo de comemoração! ABRAÇOS A TODOS...........

terça-feira, 29 de abril de 2008

No país da Alice!



Uma das histórias que me apraz bastante na recordação da minha juventude é a "Alice no país das Maravilhas" escrita por Lewis Carrol.
O fantástico desta história é que faz a ligação de forma perfeita entre a realidade e a ilusão dos sonhos de qualquer criança. Quem não gostaria de ter uma conversa com o mais simples dos objectos? Um lápis por exemplo, ou o rato do PC ou melhor ainda a escova dos dentes, seriam objectos que deveriam de ter uma opinião interessante acerca do nosso mundo.
Muitas vezes, recorro a este pequeno exercicio de imaginação para poder entender ou tentar entender qual o tipo de reacção que teria se fosse um objecto.
Estranho? Talvez não! Pensem bem, se fossem um objecto, o que diriam sobre voces mesmos e o mundo que vos rodeia.

segunda-feira, 28 de abril de 2008

DAR...............

Seguindo um concelho de um amigo decidí, hoje, atribuir os meus primeiros prémios que me foram atribuidos e que guardei religiosamente até hoje.

Assim, entrego este prémio a um blog muito especial: "PALAVRAS DE VIDA" da Mary!

Este prémio vai para um blog que faz parte de um dos meus vicio diários "ESSÊCIAS" do FM!


E finalmente este prémio que recebi hoje vai para um blog que gosto imenso "COISAS DE VIDAS" da Olá!


Prometo criar um pequeno prémio deste meu pequeno cantinho que irei atribuir em breve! Chamar-se-á Prémio Opinas (lindo!)

Abraços a todos.....

Agradecimentos..............





Decidi, hoje e com retroactivos de há muitos dias, que vou dirigir umas palavras aqueles que se mostram um apoio incondicional neste meu pequeno e "mui" jovem cantinho digital.
Aos que me empurraram para o inicio desta aventura: "Ès a Culpada disto!".
Para aqueles que ajudaram a que este cantinho fosse visitado por cada vez mais pessoas digo "Vêm o que dá confiar em tipos como eu!"
E, acima de tudo, para aqueles que visitam este blog diáriamente "Não têm mais nada que fazer?"(gargalhadas :))))))))).
Agora sem brincadeiras, MUITO mas mesmo MUITO OBRIGADO. Sinceramente nunca pensei que estas minhas opiniões, ideialistas, idiotas tivessem um décimo do apoio que voçês me dão.
PS: Obrigado FM pelo prémio e pela força!

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Jogo de Letras !


Proponho um jogo aos visitantes deste pequeno recanto digital!


Hoje no novo blog da Olá! ocorreu-me uma ideia para um desafio de escrita.

Como também sei que todos têm capacidades sobrenaturais de escrita acho que este será interessante.


Então o desafio é o seguinte:



  1. Escrever o maior numero frases com palavras iniciadas sempre com a mesma letra e que detenham um sentido compreensivel;

  2. Cada frase deve conter o máximo de palavras possíveis;

  3. No caso de serem escritas várias frases (escritas com palavras iniciadas pela mesma letra) estas deverão compreender um texto com sentido;

  4. O vencedor será aquele que apresentar o maior número de frases ou frase com o maior número de palavras da mesma letra;

  5. O prémio será SURPRESA!

Com este desafio, "Despeço-me com amizade e até o próximo programa se Deus quiser" (Eng. Sousa Veloso)


Bom fim de semana!

quarta-feira, 23 de abril de 2008

terça-feira, 22 de abril de 2008

Desafio ou Não!


Qualidades - Sincero, amigo
Defeitos - Teimoso, esquecido
Gostos - Tudo o que há na vida
Não passarei – À frente de ninguém
Detestas – A mentira
Pessoa - Fernando
Família – Complemento essencial
Homem - Fundamental
Mulher - Ju
Sorriso – De bochecha a bochecha
Perfume – Burbery´s
Carro - Necessário
Paixão – Arrebatadora
Amor - Eterno
Olhos - Castanhos
Sal – Uma pitada em cada momento da vida
Chuva – Aceite
Mar - Maravilhoso
Livro – Não sei
Filmes – Do meu casamento
Músicas – Porquê?
Dinheiro – Bem mundano
Silêncio - Reflexão
Solidão – Caminho errado
Flor - Margaridas
Sinceridade – Acima de tudo
Sonhos – Viver o mais possível com qualidade
Cidade – Porto carago!
País – Portugal
Não viver sem – Aproveitar o máximo da vida
Nunca deixar de – Ser quem sou

segunda-feira, 21 de abril de 2008

Flashback!

Hoje, especialmente, sem razão para tal, tive uma enorme dificuldade em libertar-me das amarras do sono e da cama. Foi uma sensação tal que recordei de forma intensa aqueles momentos de infância em que ficava a dormitar até tarde em tempo de férias.
Nesse retorno à minha infância encontrei nas minhas imagens mais profundas um amiguinho muito especial.
Sem mais apresentações deixo-vos apenas com esta imagem que deve trazer muitas recordações a muitos de vocês.

sexta-feira, 18 de abril de 2008

Nada!




No meio do nada, tu existes,

Quando já nada houver tu serás,

Sempre que não vir, tu estarás la.



No meio do éter, tu germinas,

Quando a seca existir tu saciarás,

Sempre que não ouvir, tu falarás.



No meio da multidão, tu apareces,

Quando já nada vir tu surgirás,

Sempre que não sentir, renascerás.



Sem o nada eu vivo,

Sem ti sou apenas nada.




Aritmética do Amor


São Dois
E não apenas Um+Um.
São Dois,
Muito mais do que Um+Um

São Um,
E não apenas Dois.
São Um,
Muito mais do que Dois x Dois.

São as contas das vidas,
São as somas destemidas,
Por vezes escondidas

E que fazem sonhar,
Que fazem chorar,
Que fazem amar.

Sem nunca duvidar!

São Dois,
Que não sabem que são Um.
São Dois,
Juntinhos como Um.

São Um,
Pensando que são Dois.
São Um,
Muito maiores do que Dois.

São as contas do amor,
São vidas com sabor,
Do seu imenso calor.

E que fazem sonhar,
Que fazem amar,
Que fazem acreditar.

Sempre a acreditar!

São Um,
Divididos em Dois.

São Dois,
Que serão sempre Um.

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Por um Fio!


Sempre que vejo esta imagem tento fazer um esforço em perceber o que se está a passar no processo de evolução das relações interpessoais dos humanos.
Não entendo os casais actuais e as suas responsabilidades. Sim, responsabilidades. Não estou a falar de responsabilidades amorosas mas sim de responsabilidades sociais para com aqueles que não têm culpa de ter nascido.
Um filho não é um brinquedo. Não é um bébé chorão que se muda a fralda, se dá miminhos e se desliga quando quer.
Um filho é uma aposta no futuro, na sua própria evolução como seres Pai e Mãe.
Não estou aqui a defender que a união de duas pessoas deve ser até à morte! Apenas penso que apesar de duas vidas se separarem, os casais, sejam eles casados ou não, devem de ter a plena consciência do papel de Pai e Mãe.
Apesar de eu não ser Pai, penso que deverá ser uma responsabilidade deliciosamente perigosa, basta ver o resultado que esta geração está a provocar no sistema ensino!

PENSO...............

Desarmem a Bomba!


Divirtam-se na tentativa de desarmar a bomba!
É divertido e aumenta a ansiedade........(risos)

quarta-feira, 16 de abril de 2008

ILUSÃO !

Ao olhar para a imagem abaixo verifiquem que esta não sofre alterações nem se desloca.


A imagem está fixa!

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Investigação Traiçoeira!

video

Investigação tipo CSI que é tramada.....

Musica!

Desde o início da humanidade que o som é um elemento presente na vivência do ser humano. Começou com a tentativa por parte do homem da imitação de animais e sons da natureza tendo rapidamente evoluído para a criação de novos sons .
Nasceu então o ritmo, a melodia, a harmonia, os instrumentos e todos os outros componentes deste vasto universo musical.
Ao chegarmos aos dias de hoje, verificamos que o homem alcançou um nível de evolução musical tal que já não consegue separar aquilo que é ruído do que é música.
Concordo que devem ser respeitados todos os géneros musicais e que hoje são enumeráveis. O gosto musical é uma visão muito pessoal de cada pessoa resultando nas várias perspectivas com que se analisam as músicas podendo estas serem físicas, sensoriais até imaginárias.
Vivendo nesta miscelânea de estilos, meio-estílos, fusões, semi-fusões, extremismos e alternativas, continuo a entregar o meu gosto às sensações que as músicas me transmitem e ao bem-estar a elas associado.
Assim nunca tive, não tenho e nunca irei ter um estilo musical predilecto.
Adoro a música pela sua essência mais pura que é, no meu entender, a ligação directa entre o som (ouvido) e a sensação (coração).

Oiçam música com os ouvidos mas sintam-na com o coração! Boa Semana.....